Últimas Notícias

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Unidos dos Morros é a campeã do Carnaval de Santos em 2020


Unidos dos Morros ganha maior pontuação e é campeã do carnaval santista 2020 — Foto: Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal
A Unidos dos Morros foi a grande vencedora do Grupo Especial das escolas de samba de Santos, no litoral de São Paulo, ao conquistar 179,6 pontos com o samba-enredo que homenageou os jovens do Centro de Aprendizagem e Mobilização Profissional e Social (Camps). A escola de samba Sangue Jovem foi a vencedora do Grupo de Acesso após conquistar 178,3 pontos. Já a Unidos da Zona Noroeste foi a campeão do Grupo 1. A apuração aconteceu nesta terça-feira (18), no Teatro Municipal Braz Cubas.

A apuração começou, por volta das 12h, com a abertura dos envelopes com as notas dos jurados. O auditório do teatro ficou fechado para o público e somente representantes das agremiações, a imprensa, além dos organizadores do carnaval da cidade, tiveram acesso livre ao local para acompanhar a apuração.

Todas as 15 escolas de samba foram avaliadas por julgadores em nove quesitos: bateria, harmonia, evolução, enredo, samba de enredo, fantasias, alegorias e adereços, mestre-sala e porta-bandeira e comissão de frente. As notas foram de 8 a 10, em contagem decimal. A de menor valor foi sempre descartada.

A escola de samba Unidos da Zona Noroeste foi a campeã do Grupo 1. A Imperatriz Alvinegra ficou em segundo lugar. As duas escolas foram as mais bem colocadas e sobem para o Grupo de Acesso em 2021. A Império da Vila foi a pior colocada no carnaval santista com 174,7 pontos.

No grupo de Acesso, a Sangue Jovem foi a campeã. A Brasil ficou em segundo lugar. As duas escolas irão desfilar no Grupo Especial no ano que vem. Já a Padre Paulo caiu para o Grupo 1.

Rainha de bateria da escola de samba Unidos dos Morros, no desfile de 2020 — Foto: Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal

Penalidades


No Grupo 1, a escola de samba Império da Vila perdeu 0,5 pontos porque excedeu o limite de tempo de desfile.

No Grupo de Acesso, a escola de samba Padre Paulo perdeu um total de 2,5 pontos. A escola estourou em 4 minutos o tempo limite do desfile e perdeu 2 pontos. Além disso, a Padre Paulo perdeu 0,5 pontos porque utilizou um tripé com dimensões maiores do que o permitido no regulamento.

Não houve penalidades no Grupo Especial.

Unidos da Zona Noroeste retratou a realidade de milhares de brasileiros que vivem em comunidades carentes — Foto: Anderson Bianchi/Prefeitura de Santos
Grupo 1

No Grupo 1, quatro escolas de samba disputaram o título. A Unidos da Zona Noroeste ficou em primeiro lugar com 176,8 pontos.

A Zona Noroeste foi a quarta escola a entrar na avenida na sexta-feira (14). Sob o enredo 'Hoje o galo canta, é a voz da favela', a agremiação retratou a realidade de milhares de brasileiros que vivem em comunidades carentes. Seus 450 integrantes, distribuídos em 14 alas, retratavam funkeiros, trabalhadores e políticos.

"Foi um sacrifício, mas valeu a pena. Foi uma vitória bonita. Acredito que o nosso enredo, falando da favela, uniu todo mundo e garantiu um grande carnaval!", disse João Marcos dos Santos, presidente da Zona Noroeste.

A Imperatriz Alvinegra ficou em segundo lugar com 175,3 pontos. A escola também irá desfilar no Grupo de Acesso em 2021. "No ano passado ganhamos, mas não subimos. Esse ano deu. Agora é trabalhar para ficarmos", afirmou o diretor de Carnaval da Imperatriz Alvinegra, Valderir Caraúba, que não deixou de parabenizar a campeã do Grupo 1, Zona Noroeste.

A Bandeirantes do Saboó terminou com 175 pontos e a Império da Vila com 174,4 pontos. As duas permanecem no Grupo 1 no carnaval em 2021.

Sangue Jovem trouxe a história de novelas e dramaturgias que eternizaram personagens e escritores nacionais — Foto: Anderson Bianchi/Prefeitura de Santos

Grupo de Acesso


Três agremiações lutavam pelo título de campeã do Grupo de Acesso. A grande campeã foi a Sangue Jovem, com 178,3 pontos. A escola apresentou o enredo ‘Vale a pena a Sangue contar de novo’, com a narrativa da história da televisão brasileira, com a história de novelas e dramaturgias que retrataram personagens e escritores nacionais.

“A gente sabia que seria difícil pela grandiosidade das nossas co-irmãs. Mas nós trabalhamos para nos superar e a energia dos nossos componentes na avenida fez diferença. E hoje tem festa na quadra porque temos muito para comemorar", disse Fabio Przygoda, presidente da Sangue Jovem.

A escola de samba Brasil ficou em segundo lugar com 178 pontos. A Sangue Jovem e a Brasil subiram e irão desfilar no Grupo Especial em 2021. Já a Padre Paulo terminou com 171,1 pontos e caiu para o Grupo 1.

Integrantes da escola de samba Unidos dos Morros recebem o troféu de campeã do Grupo Especial do Carnaval de Santos 2020 — Foto: Matheus Tagé/A Tribunal Jornal

Grupo Especial


A Unidos dos Morros foi a grande vencedora do Grupo Especial, com 179,6 pontos, e levou R$ 24,2 mil de prêmio. Em segundo lugar, ficou União Imperial, com 179,1 pontos, recebendo R$ 12 mil pelo vice-campeonato. A escola de samba Vila Mathias terminou com 176 pontos e caiu para o Grupo de Acesso.

A Unidos dos Morros entrou no sambódromo para contar um pouco da história dos jovens do Centro de Aprendizagem e Mobilização Profissional e Social (Camps). Com o enredo "Beleza de ser um eterno aprendiz", a escola de samba contou com 1.500 foliões, divididos em 16 alas, e três carros alegóricos.

"É festa na colina! É uma vitória com um gosto muito especial. Nós trabalhamos muito e o resultado chegou", Fabio Fernandes Carvalho, da Unidos dos Morros, após a conquista do título.

Confira o resultado final do Grupo Especial:


1º Unidos dos Morros - 179.6 pontos
2º União Imperial - 179.1 pontos
3º X-9 - 178.9 pontos
4º Mãos Entrelaçadas - 177.8 pontos
5º Amazonense - 177.2 pontos
6º Real Mocidade - 177.0 pontos
7º Mocidade Dependente - 176.5 pontos
8º Vila Mathias - 176.0 pontos

Torcida da escola de samba Unidos dos Morros comemora a conquista do título no Carnaval de Santos 2020 — Foto: Rodrigo Nardelli/G1